Palhaçoterapia

O ambiente hospitalar geralmente é visto como um lugar triste, que remete a situações difíceis. Pensando em amenizar a dor do paciente e acompanhante, toda sexta-feira o Hospital Infantil é invadido por palhaços que tem uma missão muito importante: levar alegria por onde passam, utilizando a arte de fazer sorrir.

palhacoterapia1

A Palhaçoterapia, um projeto de extensão da Univille, é um dos grupos de voluntários que atua há mais tempo no Hospital Infantil. Criado em 2004, o projeto foi idealizado por três acadêmicos de medicina motivados pela humanização do atendimento à saúde. Para fazer parte do grupo, os acadêmicos passam por treinamento com aulas de teatro, oficina de música e de balões, e discussões éticas no ambiente hospitalar.

palhacoterapia3

Hoje, cerca de 40 voluntários integram o grupo, todos acadêmicos da Univille. A arte de fazer sorrir não encanta apenas quem recebe a visita, mas também os próprios voluntários que aprendem a cada visita uma lição. “Eu acredito que todos os estudantes da área da saúde que participam do projeto acabam tendo um engrandecimento na humanização em relação ao nosso futuro profissional”, conclui a voluntária Júlia Pereira.

palhacoterapia2

Anúncios