Um polvo de amor

Você já ouviu falar em “Um Polvo de Amor”? É um projeto que surgiu na Dinamarca em 2013 e consiste em levar polvos feitos de crochê para recém-nascidos prematuros que precisam de incubadora, com o objetivo de acalmar os bebês. No Hospital Infantil, o Polvo de Amor é distribuído não apenas para os pacientes da UTI Neonatal, mas para todos os pacientes internados. Mais de mil polvos já foram entregues às crianças do hospital.

polvo2

Desde o ano passado, um grupo de 40 voluntárias produzem os polvos de crochê. Uma vez por mês, é realizado um encontro para reunir todos os polvos produzidos e distribuir os materiais, provindos de doação, para a produção de mais peças. Para a voluntária Íris Bomkowski, é gratificante fazer parte deste projeto. “Eu fico feliz porque vejo a felicidade das crianças ao receber o novo amiguinho”, declara. O paciente Iago Francisco de Moura, 3 anos, ficou tão contente com seu Polvo de Amor que até deu um nome ao bichinho que passou a se chamar Feibe.

polvo3

Para confeccionar os polvos é preciso ter alguns cuidados especiais como, por exemplo, o tamanho dos tentáculos e da cabeça do polvo tem que ser padronizado, os materiais utilizados são específicos para não causar alergia, os olhos e boca precisam ser bordados, já que não pode ter botões ou miçangas. Para garantir a segurança dos pacientes que recebem os polvos, todos passam por um controle de qualidade e são utilizados somente os que estão no padrão.

polvo1

Anúncios

Corações solidários (7)

A Rádio Jovem Pan de Joinville, em parceria com a Círculo S/A, realizou uma aula gratuita para 30 pessoas com o intuito de confeccionar perucas de crochês com a professora Bruna Szpisjak, do canal Aprendiz de Crocheteiras. A ação fez parte da Rede Solidária, ação do McDia Feliz 2018 em Joinville. Nesta semana, as perucas foram distribuídas para os pacientes do setor de Oncologia com a participação de funcionários da rádio que além de entregar o presente, interagiram e brincaram com as crianças.

jp1

jp2